Galeria de Fotos

15/06/2018
1º Simpósio de Bem-Estar Local: Câmara Municipal de Passos
A Unidade de Ensino e Pesquisa (UNEP) da Santa Casa de Misericórdia de Passos promoveu nessa sexta-feira, 15, o 1º Simpósio de Bem Estar com o objetivo de promover o autocuidado em suas diversas áreas: nutrição, atividades físicas, psiquismo e suas relações com a qualidade de vida. O evento aconteceu na Câmara Municipal de Passos e reuniu profissionais de saúde, estudantes e pessoas interessadas na promoção da saúde física e mental com qualidade. O Simpósio apresentou temas como o autocuidado, compaixão, empatia, nutrição, relação da atividade física com o ambiente corporativo e tratamento de doenças crônicas. Na abertura, o público acompanhou a apresentação do Coral Arte em Si, da Igreja Matriz Senhor Bom Jesus dos Passos. Em seguida, o palestrante Dr. Paulo Prado de Vasconcelos, Neurologista da Santa Casa de Passos, ministrou a palestra na dimensão da mente: Fatores de Risco e Proteção de Doenças Degenerativas do Sistema Nervoso na Vida Cotidiana, o Neurologista explicou algumas das doenças neurológicas que mais atinge a população nos dias atuais, explicou como são adquiridas e como preveni-las. Na sequência. Alexandre Bretas, trouxe a palestra na dimensão do Corpo: ?Estratégias Nutricionais Adotadas no Combate a Síndrome Metabólica, explicando a ligação do corpo com o bem-estar, apontando alguns erros cometidos pelas pessoas no cuidado com seu corpo, e maneiras de como ter uma vida mais saudável sem abandonar o que te faz bem. Logo depois, a especialista em Terapia Ocupacional, Magda Helena Reis Cota de Almeida, apresentou a palestra na dimensão do coração: A influência das Mídias Sociais no Nosso Bem-Estar, esclarecendo a diferença entre Rede Social e Mídia Social, expondo os prós e contras da tecnologia e como isso interfere no nosso bem-estar. Para finalizar tivemos a presença do Monge Lama Rinchen, que falou sobre a dimensão do espírito, com a palestra: Compaixão, Generosidade e Resiliência como Promotoras do Bem-Estar, o Monge falou sobre a importância do equilíbrio e a necessidade dessas três palavras, e como a união delas nos torna pessoas capazes de serem melhoras para si mesmas.

Veja Também