FOTOS DOS EVENTOS

OUTROS EVENTOS

Noticias

16/01/2020

HRC Recebe Doações De Companhias De Folias de Reis

Entre as tradições regionais de fim de ano, as companhias de Folias de Reis aparecem como as mais aguardadas pelos fiéis. Como de costume, nas datas agendadas para visitar as casas e realizar as apresentações, os foliões saem cedo e durante todo o dia cantam e louvam pelas ruas em devoção aos Santos Reis.


Pessoas de todas as idades integram as conhecidas companhias de Reis, cenário que exibe como essa tradição é capaz de atravessar gerações. Outra cena comum durantes as apresentações é quando alguns moradores recebem os foliões em suas casas, servem refeições e oferecem doações após os louvores.


E nessa semana, o Hospital Regional do Câncer de Passos (HRC) foi beneficiado com o dinheiro arrecadado por duas companhias da região, uma de Itamogi, que doou R$4.092,00, e outra de Fortaleza de Minas, que entregou o valor de R$3.823,00.


Ao procurar o setor de captação de recursos para registrar a doação da Companhia de Reis União, o folião João Batista Peres, morador de Itamogi, revelou que todos os 35 participantes aceitaram a ideia de não mais realizarem uma festa com o dinheiro arrecadado, como era de costume, e sim, doar ao hospital oncológico.


“Dessa vez, as ofertas que ganhamos, trouxemos para o HRC para fazermos uma boa ação e vamos continuar fazendo assim enquanto Deus permitir”, disse ao agradecer o apoio do amigo Luiz Henrique Silveira, o conhecido Luizinho Goiano, que faz parte também da comissão responsável pelas doações na cidade e que auxiliou a ação.


No mesmo dia, o casal de apaixonados e foliões Marcos Roberto de Carvalho e Maria Aparecida Faria, ambos de Fortaleza de Minas, também estiveram presentes no setor e realizaram a entrega do valor arrecadado.


“Ajudar o hospital era um sonho nosso e esperamos que com essa nossa ação, mais pessoas doem também. Sabemos que a melhor propaganda ainda é o ‘boca a boca’, por isso, fotografamos em frente ao HRC e vamos colar essa imagem na bandeira que segue a companhia, assim as pessoas vão ver e, quem sabe, farão o mesmo”, contou o folião, que é conhecido como “Ribita”.


Quando somados, os valores doados ao HRC totalizaram R$7.915,00, comportamento numérico que, segundo a supervisora de captação de recursos do HRC, Elidiane Rodrigues, é fundamental para o início do ano e as despesas hospitalares. “É maravilhoso recebermos essas doações cheias de fé e solidariedade, principalmente nessa época do ano, que é quando recebemos menos doações e ficamos mais apreensivos”, falou.