FOTOS DOS EVENTOS

OUTROS EVENTOS

Noticias

12/12/2018

Promai Realiza Cursos De Capacitação Aos Profissionais de Saúde

Promover capacitação, treinamento e aprimoramento profissional é um compromisso da Santa Casa de Misericórdia de Passos. Assim, o Promai (Programa Materno-Infantil) promoveu em 2018 três cursos de capacitação para os profissionais da Rede Básica de Saúde, com o objetivo de trocar informações e atualizar os profissionais sobre a assistência a gestante e recém-nascido, para melhorar a assistência na rede básica de saúde.


Estiveram presentes diversos profissionais da atenção básica, médicos, enfermeiros, assistentes sociais, agentes comunitário de saúde, dentistas, psicólogos e nutricionistas. A primeira capacitação aconteceu no dia 12 de março, com a presença de 42 pessoas sendo os municípios de São Sebastião do Paraíso, Pratápolis, Nova Resende, Fortaleza de Minas, Itaú de minas. No dia 29 de junho compareceram 61 pessoas sendo os municípios de Alpinópolis, São Pedro da União, Itamogi, Monte Santo de Minas, Ibiraci, Glória, Pratápolis, Bom Jesus da Penha, Passos e Itaú de Minas. Dia 22 de outubro compareceram 57 pessoas sendo os municípios de Passos, Guapé e Pratápolis.


 Os temas apresentados foram: Planejamento Familiar – Serviço Social (Ariane Angelina Martins); Aleitamento – Enfermagem (Alessandra Aparecida G. Sarno); Identificação de Risco Pré-Natal e Parto Adequado – Obstetrícia (Dra. Maria Paula Morais Vasconcelos); Puericultura – Pediatria (Dra. Layara Maria Garcia). “A importância da realização das capacitações é o fortalecimento do vínculo entre as equipes que prestam assistência na atenção básica e no alto risco, a realização dos encaminhamentos em tempo hábil para tratamento, desenvolvimento profissional, aprimoramento e qualidade no trabalho, visando sempre qualificar o atendimento ao paciente” destacou a Assistente Social Ariane Angelina Martins.


No ano de 2018 o Promai comemorou seus 20 anos, e as ações para melhoria da assistência materno-infantil são trabalhadas diariamente na comunidade, rede básica e no Complexo Materno-Infantil. Com o objetivo de diminuir a taxa de mortalidade do binômio mãe-filho e proporcionar melhorias na qualidade de vida da mulher e da criança. O setor vem conseguindo diariamente mostrar uma grande melhoria.